Notícias
 
Cidade
 
20/07/2019
Preso acusado de matar vendedora
 

Pedro Augusto

As polícias Civil e Militar de Pernambuco, através da Operação MaAlhas da Lei, prenderam, na tarde da última quarta-feira (17), na zona rural de Agrestina, na região Agreste, o acusado de ter executado a tiros a vendedora de lanches, Maria Lúcia de Jesus, de 27 anos. Trata-se de Maurício José da Silva, de 31 anos. De acordo com as investigações da Civil, o criminoso teria sido contratado pelo mandante Luiz André da Silva, o "Lula", que foi preso na manhã da sexta-feira (19), para matar Maria.

A vítima foi assassinada com tiros à queima roupa, no dia 12 de janeiro deste ano, na Avenida Caruaru, no Bairro Divinópolis. Segundo a polícia, ela estava vendendo lanches em plena luz do dia, quando acabou sendo surpreendida com a chegada de Maurício, que efetuou seis disparos. Maria morreu no local, antes mesmo do socorro da equipe do Samu.

Na época, Câmeras de Videomonitoramento captaram a ação criminosa. Apesar da presença de outras pessoas, o assassino se aproximou da vítima e fez a série de disparos. Depois, fugiu a pé. "Foi feminicídio. O Luiz não aceitava a separação com a Maria e acabou contratando o Maurício para executá-la", confirmou o chefe da Divisão de Homicídios de Caruaru, Bruno Vital.

 
 
 
 
publicidade