Notícias
 
Saúde
 
25/05/2019
Trabalhar no computador pode ocasionar doenças de visão
 

Muito tempo em frente à tela pode causar muitos incômodos

Nas últimas décadas, a tecnologia, principalmente a informática, fez grandes avanços e possibilitou a automatização de diversas atividades, assim como uma verdadeira revolução na comunicação. Todas essas evoluções mudaram drasticamente as atividades exercidas por cada profissão, tornando muitas definições antiquadas e criaram, inclusive, novas ocupações que até pouco tempo nem imaginávamos que existiriam.

Grande parte das antigas e novas profissões realizam quase todas as suas funções por meio do computador. São inúmeras pessoas sentadas em frente à tela durante toda a jornada de trabalho e, muitas vezes, o horário de descanso é também ocupado por outra tela: a do celular.

Embora ainda não existam estudos que comprovem a relação exata entre o uso do computador e a ocorrência de doenças de visão, sabe-se que essa longa permanência em frente à tela causa muitos incômodos e irritações nos olhos – tais como vermelhidão, ardor, tontura etc -, assim como outras atividades que exigem esforço dos olhos durante um longo período, ao mesmo tempo em que se diminui a frequência de piscadas, como a leitura, por exemplo. Confira as doenças de visão mais comuns em quem trabalha ao computador.

Olho seco – é um termo comum que engloba e descreve uma série de doenças e condições relacionadas à falta de umidade e de lubrificação do olho, causadas normalmente pelo excesso de evaporação, baixa produção de lágrimas pelo organismo ou pela constituição inadequada dessa lágrima, que apresenta deficiências em seus componentes, tornando-se incapaz de cumprir sua função de proteção contra agentes externos e de lubrificação da córnea, deixando o olho exposto à atmosfera.

Diferentes fatores podem ser a causa do olho seco, como disfunções hormonais, fatores nutricionais e interação com outros medicamentos, mas os principais fatores apontados pela maioria dos pacientes estão ligados às condições do ambiente, como a permanência em locais fechados com ar-condicionado, o clima seco, o vento e, é claro, o contato com a radiação emitida pelos monitores de computador. Além disso, já foi comprovado que piscamos até quatro vezes menos quando estamos na frente de uma tela, o que colabora para a secura do olho. Por isso, o olho seco é uma das doenças de visão mais comuns em quem trabalha usando o computador.

Síndrome da Visão de Computador – Conhecida como CVS, ela causa ressecamento nos olhos, fadiga ocular, vermelhidão e vista embaçada, tendo em vista que se exige mais da visão para ver de perto do que de longe, diferente do que muitos acreditam. A tela do computador, as condições de contraste e brilho das cores, a distância que se mantém do equipamento durante o uso, bem como a iluminação do resto do ambiente são fatores que podem ajudar a diminuir os sintomas.

Sabe-se que é quase impossível abandonar o uso do computador durante o expediente de trabalho, mas se pode controlar o uso em casa e nos momentos de descanso, considerando também os efeitos prejudiciais de outras telas, como a televisão e o celular. Intercalar o uso do computador no trabalho com idas ao banheiro, ou para beber água, mudando de ambiente e movimentando o olhar, também são dicas para evitar essas duas doenças.

Mas a principal dica é, sem dúvidas, ir com frequência ao oftalmologista e atualizar os exames para verificar a saúde dos seus olhos

Fonte: hospitaldeolhos.net

 
 
 
 
publicidade