Notícias
 
Cidade
 
19/01/2019
Cidades circunvizinhas registram primeiro homicídio
 

No último fim de semana, dois municípios circunvizinhos a Caruaru computaram o seu primeiro homicídio em 2019. Em Agrestina, na noite do sábado (12), o autônomo José Josimário da Silva, de idade não informada, o "Buchudo", foi morto a tiros no Sítio Saquinho, na zona rural. De acordo com informações repassadas pela polícia, ele estava trafegando a pé, quando acabou sendo surpreendido com a chegada de criminosos, que efetuaram vários disparos.

Mas esse não foi o único homicídio registrado na Terra da Mazurca no fim de semana. Na manhã do domingo (13), o ex-presidiário Edmilson Elídio da Silva Omena, de 26 anos, foi morto a tiros, no Sítio Barra do Jardim, na zona rural da cidade. De acordo com informações repassadas pela polícia, ele estava nas imediações do cemitério, quando acabou sendo assassinado à bala.

Já na Terra da Sulanca, a primeira vítima fatal por assassinato atendia pelo nome de Israel Pereira do Nascimento, de idade não informada. De acordo com informações repassadas pela polícia, o corpo da vítima foi encontrado também na manhã do domingo, na Rua Valdenice Araújo, no Bairro Santo Agostinho. Israel era ex-presidiário por um homicídio cometido em agosto do ano passado e teria sido morto por um tiro de arma de grosso calibre.

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal de Caruaru. Ninguém havia sido preso, até o fechamento desta matéria.


TORITAMA

Em Toritama, o primeiro homicídio em 2019 ocorreu durante a manhã da segunda-feira (14). De acordo com a polícia, o jovem Janailson Tatá, de 27 anos, encontrava-se na Rua João Pedreira Tabosa, quando foi baleado por dois criminosos que estavam em uma motocicleta. Uma equipe do Samu foi deslocada até o local encaminhando a vítima para o Hospital Nossa Senhora de Fátima, porém ela não resistiu aos ferimentos.

 

 
 
 
 
publicidade