Notícias
 
Cidade
 
15/12/2018
Balanço do STPP é apresentado
 

A análise exposta se referiu ao período de 26 de junho, quando o Sistemade Transporte Público de Passageiros passou a vigorar, até o último dia 30

Pedro Augusto

Representantes da Associação das Empresas de Transporte de Passageiros de Caruaru (AETPC) apresentaram, na manhã da última quarta-feira (12), no Empresarial Difusora, no Bairro Maurício de Nassau, o balanço de operação do Sistema de Transporte Público de Passageiros de Caruaru (STPP). Na ocasião, políticos, jornalistas e integrantes do setor tiveram a oportunidade de acompanhar os avanços e os desafios ainda a serem superados por este sistema, que conta com a atuação de três empresas de ônibus: Capital do Agreste, Coletivo e Tabosa, e ainda é impulsionado pelos investimentos empregados pela Prefeitura. A análise exposta se referiu ao período de 26 de junho, quando ele passou a vigorar, até o último dia 30 de novembro.

De acordo com os dados divulgados pelo diretor da AETPC, Ricardo Henrique, durante este intervalo, 9.455.061 passageiros foram transportados. Houve ainda 2.439.386 gratuidades, 190 mil viagens foram realizadas, totalizando 38 mil por mês, bem como 3.200.000 de quilômetros acabaram sendo percorridos, totalizando 650 mil por mês. Em paralelo, 20 pontos de vendas do cartão Leva foram instalados, o canal 0800 do sistema, correspondente ao 0800-0876680, passou a funcionar, como também o aplicativo de comercializações do Leva começou a ser desenvolvido. Vinte e três ônibus com ar-condicionado ainda entraram em circulação.

Presente no encontro, o diretor-presidente da AETPC, Efren Peixoto, avaliou o balanço apresentado como positivo, mesmo com vários desafios ainda a serem superados. "Este novo sistema passou a vigorar no último dia 26 de junho e o momento atual é de transição. O contrato firmado junto à Prefeitura exige uma série de serviços a serem disponibilizados à população. Desta forma, temos feito, de forma gradativa, os investimentos necessários. Novos ônibus foram incluídos recentemente na frota, um canal moderno de informação entrou em operação neste período, bem como novos pontos de vendas já se encontram funcionando. A situação, no que diz respeito ao sistema, ainda está longe da ideal, mas temos realizado os ajustes."

De acordo ainda com os dados da AETPC, atualmente o Sistema de Transporte Público de Passageiros de Caruaru dispõe de 143 ônibus, dos quais 46 são novos e 23 possuem ar-condicionado. A idade média dos veículos tem sido abaixo dos quatro anos, a frota possui acessibilidade, monitoramento e câmeras de segurança, bem como os usuários contam com o serviço de aplicativos. O sistema ainda tem sido responsável pela geração de 800 empregos diretos e pela realização de diversos cursos de capacitação voltados para os seus colaboradores, como direção preventiva, atendimento ao cliente e primeiros socorros.

Segundo o diretor institucional da entidade, reclamações por parte dos usuários têm sido percebidas de forma pontual. "Num contexto de 38 mil viagens por mês, automaticamente dificuldades precisam ser superadas, mas as reclamações têm sido pontuais. Em conjunto com o poder público, tentaremos sanar todas as demandas em prol de toda gama de usuários."

O contrato assinado entre as empresas e a Prefeitura estabelece o cumprimento de várias ações no intervalo de 15 anos. Neste contexto, a AETPC também apresentou, durante o balanço, algumas sugestões para tentar fortalecer o STPP. Dentre elas, estão priorizar as principais artérias por onde passa o transporte público com a retirada de estacionamentos, proporcionando maior velocidade operacional do sistema; a regulamentação das gratuidades; a implantação de faixa azul em ruas e avenidas que tenham a largura adequada e a instalação de pontos de ônibus com estrutura acessível.

"O diálogo da Prefeitura com a AETPC e as empresas tem sido constante. Prova disso é que temos investido bastante no recapeamento de vias e avenidas, sem falar na implantação de iluminação adequada, que vem propiciando mais segurança e comodidade aos usuários. Nos abrigos de ônibus já estão sendo feitas melhorias. Quanto à mobilidade, destacamos a Via Parque, que já está sendo posta em prática, o que promete contemplar bastante a zona urbana'', disse o vice-prefeito Rodrigo Pinheiro.

 

 
 
 
 
publicidade