Notícias
 
Cidade
 
15/12/2018
Fim de semana violento com o registro de três homicídios
 

As vítimas fatais foram três jovens que tinham menos de 20 anos. Polícia já prendeu um dos suspeitos da nova série

Pedro Augusto

O número de homicídios computados em Caruaru segue aumentando nesta reta final de 2018. Durante o último fim de semana, três crimes de morte acabaram sendo contabilizados na cidade.

A primeira vítima da nova série de mortes atendia pelo nome de Iraquitan Douglas Dias dos Santos, de 19 anos. De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil, o jovem encontrava-se auxiliando a cunhada num espetinho, quando foi abordado por três criminosos, que efetuaram seis disparos. Iraquitan havia sido apreendido por ter roubado uma motocicleta.

A violência prosseguiu, no domingo (9), na Capital do Agreste, com o registro de duas mortes. As vítimas fatais foram identificadas como Rhuann Henrique Bezerra da Silva, de 17 anos, e Mikael Henrique Belmiro da Silva, de 18. De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil, Rhuann estava pela madrugada, na 3ª Travessa Rodopiano Florêncio, no Bairro São João da Escócia, quando acabou sendo assassinado com vários golpes de faca. A suspeita é de que a morte do jovem tenha ligação com o seu suposto envolvimento com as drogas.

Já na noite do domingo, Mikael da Silva foi morto a tiros, na Rua La Paz, no Bairro João Mota. De acordo com os relatos de populares, ele estaria trafegando na via, quando foi surpreendido com a chegada de criminosos, que efetuaram disparos na sua cabeça. Após os levantamentos cadavéricos do Instituto de Criminalística, os corpos das três vítimas foram encaminhados ao IML de Caruaru.

Em diligência, a Polícia Militar acabou prendendo, em apenas 24 horas, o autor da morte de Mikael. Trata-se de Alexander Victor, de 18 anos. Em depoimento, o executor justificou que matou o jovem porque estava sendo supostamente ameaçado. A arma do crime foi apreendida posteriormente na casa de Jhon Henrique da Silva, de 29 anos. Além dela, mais dois revólveres se encontravam de posse de Jhon, que acabou sendo autuado por posse ilegal de arma de fogo.

 
 
 
 
publicidade