Notícias
 
Política
 
14/09/2018
Raquel reúne formadores de opinião e apresenta ações do governo
 

No evento, a prefeita também explicou a importância da parceria com os candidatos na eleição deste ano

Wagner Gil

Na noite da última terça-feira (11), a prefeita Raquel Lyra (PSDB) reuniu jornalistas, blogueiros, radialistas, empresários e profissionais liberais para apresentar algumas ações de seu governo. Entre os destaques estiveram trabalhos nas áreas de educação, com construção e reforma de escolas; de infraestrutura, de saúde, bem como investimentos no turismo e no esporte. A segurança também foi um tema abordado e que trouxe redução da violência com a criação dos conselhos locais. O evento, que ocorreu no Maria José Recepções I, contou com cerca de 400 pessoas e teve ainda a presença de secretários municipais, lideranças políticas, além do ex-governador João Lyra Neto (PSDB).

A prefeita Raquel Lyra iniciou a sua fala fazendo uma apresentação da situação fiscal, ao lado dos secretários da Fazenda, Diogo de Carvalho Bezerra, e de Planejamento, Rubén Pecchio, com dados de arrecadação e despesas, além de repasses que recebeu e que deixaram de chegar a Caruaru ‘por questões políticas'.

Raquel disse que o Governo do Estado não está cumprindo repasses através de convênios, bem como deixou de pagar algumas contas, entre elas a do Samu, que é regional. "Temos aqui um déficit de mais de R$ 2 milhões só com o Samu e o governador Paulo Câmara não repassa. O Samu é regional, atende outras cidades, apesar da base ser em Caruaru. Nós estamos bancando para que o serviço não pare e a população não fique desassistida."

Em relação à saúde, Raquel reforçou críticas ao Hospital São Sebastião, inaugurado no dia 31 de agosto. Ela afirmou que a unidade abriu sem condições de atender a população da forma que deve. "Eles reabriram o HSS sem fazer as reformas necessárias. Por exemplo, não existe ligação elétrica para funcionamento de ar-condicionado. Nem ventiladores têm nas enfermarias. Além disso, toda parte de baixo do hospital precisa ser reformada e até esgoto estourado existe no local. Lamentável essa atitude", disparou. Vale lembrar que o governo de Paulo Câmara ainda não inaugurou o Hospital da Mulher, que estava com mais de 80% de suas obras concluídas há quatro anos.

Raquel também bateu forte na questão da violência. Ela destacou a criação dos conselhos e elogiou o trabalho dos órgãos de segurança na cidade. A prefeita lembrou ainda que os comandantes foram proibidos de participar de entrevistas ao lado dela. "Aqui fazemos um trabalho em parceria e eu gostaria de elogiar o trabalho da Polícia Militar, da Civil e de todos os órgãos operacionais, como Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, IML, entre outros. A redução da criminalidade está ocorrendo porque aqui temos ações integradas com várias secretarias e ações simultâneas", destacou.

"Acho importante a prefeita reunir empresários e pessoas formadoras de opinião para mostrar o que está fazendo. Na verdade foi uma prestação de contas olho no olho", disse o radialista André Oliveira. "Não sabia que tinham sido criadas mais de 2.500 vagas de escola de tempo integral. Isso é fundamental para o futuro de nossa cidade", afirmou o empresário Rogério D'Almeida. "Nesse evento, ficamos sabendo de muita coisa que a prefeitura faz e não chega a ser divulgado. Raquel Lyra está de parabéns por realizar tantas obras importantes", completou Lenilson Torres, da Água Mineral Santa Joana.

Em relação aos seus candidatos no pleito deste ano, Raquel explicou que não tinha como votar em Paulo Câmara para governador por uma série de fatores, entre eles a "retaliação que a cidade vem recebendo no repasse de recursos". "Voto em Armando Monteiro (PTB) porque meu escritório em Brasília é no gabinete dele. Como senador, sempre teve ajudando a destravar verbas de Caruaru e conseguido acesso para que a cidade pudesse avançar", afirmou.

Quanto aos seus candidatos para o Senado, ela destacou Bruno Araújo e Mendonça Filho. "Com Bruno no Ministério das Cidades, consegui mais de R$ 10 milhões e nós já estamos fazendo a requalificação do Parque 18 de Maio. Conseguimos também verbas para a construção de casas, inclusive na zona rural. São mais de 400 unidades. Já Mendonça, como ministro da Educação, liberou verbas que nos ajudaram a reformar totalmente escolas e creches, além de construir outras. Aumentamos em mais de 2.500 vagas a quantidade de alunos nas unidades de tempo integral. Quem tem filhos na escola sabe a diferença", disse Raquel, lembrando os números do Ideb que colocam Caruaru em destaque.

O candidato a deputado federal de Raquel é Daniel Coelho (PPS) e a estadual, Priscila Krause (DEM). "Quando deixei a Assembleia Legislativa para ser prefeita, Priscila foi a voz de Caruaru. Foi com ela que contei. Já Daniel é um jovem político e que assumiu compromisso de destinar verbas e lutar por nossa cidade."

Diante da situação pela qual passa o Brasil, Raquel disse que votaria em Geraldo Alckmin (PSDB). "Votarei nele, não por ser do meu partido, mas por acreditar que é o único dos candidatos à Presidência da República que têm condições de mudar a nossa realidade", finalizou.

 
 
 
 
publicidade